Masterização

Talvez você seja um cantor e compositor que tenha acabado de gravar e mixar uma música e queira lançá-la rapidamente. Mas espere: e a masterização?

É o trabalho do engenheiro de mixagem deixar a mixagem tão boa quanto ela pode ser. O trabalho da masterização é diferente de uma maneira fundamental: a mixagem (ou grupo de mixes) deve soar bem no maior número possível de ambientes diferentes. Assim, devemos garantir que a sua master seja traduzida para vários lugares: no youtube, na televisão, no rádio, no ônibus com barulhos de trânsito e de pessoas falando…

Enquanto se ouve a mixagem final no estúdio, tudo parece limpo, forte, com graves acentuados e, agudos e médios expressivos. No momento em que se coloca, este mesmo som, em um smartphone: tudo fraco, “baixo”, sem peso, sem vivacidade… Afinal, a maior parte das pessoas não irá escutar o som em caixas de monitoramento ultra sensíveis como as dos estúdios. Exatamente por isso é preciso masterizá-lo, prepará-lo para ser ouvido onde será ouvido.

A masterização é o verniz que otimiza a qualidade da reprodução e a ponte entre o artista e o ouvinte. Esse processo pode envolver o acréscimo de equalização ampla, aplicação de compressão e limitação, etc.

Quando se trata de um disco, também é preciso considerar como as faixas individuais funcionam juntas quando reproduzidas uma após a outra em uma sequência. A música estará em uma lista, competindo com outras no Spotify? Existe um som consistente? Os níveis são compatíveis? A coleção tem um “caráter” comum e é reproduzido uniformemente para que o ouvinte não precise ajustar o volume?

O objetivo é reconciliar as diferenças entre as faixas, mantendo ou até aprimorando cada uma delas. Quer masterizar sua música ou sua gravação? Entre em contato